• Instagram

    Mais um Natal Luz chega ao fim, mais uma vez meu atelier foi assaltado, sempre nessa época! Mas eu continuo acreditando no poder da energia boa! Seguimos focando no bem, sempre! Avante que 2018 tem tudo para ser um ótimo ano 😍 Mais um pronto (falta forrar, claro)! Tapetes de atividades para bebês brincarem.  #tapetedeatividades  #tapeteinfantil #patchwork #patchaplique  #ciadasmaos #natalluzgramado #compredequemfaz #go +1 projeto na mesa... Corta recorta junta separa, quase quase! Tapete de atividades 😄😛🤗
#ciadasmaos #tapetedeatividades #artesanato #patch #patchwork  #natalluzgramado #compredequemfaz Mobile para bebê conforto. Done! Turma do Mogli, preparando-se para viajar por aí, muitas histórias contar e sorrisos cativar😍 Só agradeço! 
#fantochesdefeltro #ciadasmaos #artesanato #teatrodebonecos Olhinhos curiosos vão se encantar! Primeiro móbile, pronto! #ciadasmaos #mobile #feltro #artesanato Gnomos fantoches! Prontinhos 😍
#gnomos
#fantoche
#boneco
#teatrodebonecos 
#ciadasmaos Zoiudas prontinhas! Pintando as pupilas! #cobra #bonecos #fantochedefeltro #ciadasmaos
  • Quantas fraldas o Brasil descarta?

    Apenas 27% das crianças de 0-30 meses usam fraldas descartáveis, mesmo assim são descartadas:
    - 204 fraldas por segundo
    - 12. 240 fraldas por minuto
    - 734.400 fraldas por hora
    - 17.625.600 fraldas/DIA
  • Trocar 5500 fraldas DESCARTÁVEIS x 40 fraldas de PANO, é viável?

    Minha intenção com este blog é divulgar informações, dados, estatísticas a respeito do uso de fraldas. Quais são os impactos do uso de fraldas descartáveis? Quais são as desvantagens do uso de fraldas de pano? Viabilidade, sustentabilidade, impacto ambiental. O que pesa mais? Um lixão sobrecarregado de fraldas a céu aberto ou um sistema de águas sobrecarregado de água, sabão e dejetos fecais?

Porque escolher fraldas de pano? Existem tantas razões!

PARTE 2 :: MEIO AMBIENTE

Em 1998, mais de 18 bilhões de fraldas foram vendidas e consumidas nos EUA. (4). Baseadas nas nossas contas (listadas no próximo post como Custos Nacionais, estimamos que 27,4 bilhões de fraldas são consumidas (usadas e descartadas) a cada ano nos EUA. (13)

 As instruções no pacote indicam que se deve jogar o material fecal no vaso, antes de descartá-las no lixo, mas apenas 0,5% vão realmente pra o sistema de esgoto. (4)

Mais de 92% das fraldas são descartadas em lixões/aterros sanitários. (4) 

Em 1988 (19 anos atrás) gastava-se US$300 milhões anualmente, no descarte das fraldas, enquanto que um a fralda de pano pode ser usada entre 50 a 200 vezes, antes de se transformar num farrapo. (4)

Ninguém sabe ao certo quanto tempo exatamente leva uma fralda descartável para se decompor, mas estima-se que ela leve entre 250-500 anos, muito tempo de pois que os tataranetos dos seus filhos morrerem. (5) 

Fraldas descartáveis são a terceira maior categoria em aterros sanitários, representam em torno de 4% do resídulo sólido. Numa casa com crianças usando fraldas, estas representarão 50% do seu lixo. (5)

Fraldas descartáveis geram 60x mais resídulo sólido e usam 20 x mais matéria prima, como óleo bruto de petróleo e polpa de celulose. (3)

A manufatura e uso de fraldas descartáveis utiliza 2,3x mais água que as de pano. (3)

 Mais de 300 libras de madeira, 50 libras de reserva de petróleo e 20 libras de gás cloro são usados para fornecer fraldas descartáveis para um (01) bebê a cada ano. (6)

Em 1991, uma tentativa de reciclagem de fraldas descartáveis foi feita numa cidade de Seattle, envolvendo 800 famílias, centros de cuidados, um hospital e uma unidade de reciclagem, por um período de um ano. A conclusão assumida pela própria Procter e Gamble foi de que a reciclagem deste material não é econômicamente viável em nenhuma escala. (17)

Nota da Bettina: assim que eu terminar a publicação dos posts restantes, colocarei um paralelo ao Brasil, nunca fiz questão de perceber a ordem de grandeza do marketing que envolve a indústria de fraldas e seus impactos ambientes, elas continuam a ser vendidas como se fosse a 10ª maravilha do universo, e assim como tantas outras coisas, é algo que depende somente da nossa atitude.

Referências bibliográficas indicadas para este post: 

3 Armstrong, Liz and Adrienne Scott   Whitewash: Exposing the Health and Environmental Dangers of Women’s Sanitary Products and Disposable Diapers, What You Can Do About It. 1993. HarperCollins.

4 Lehrburger, Carl. 1988. Diapers in the Waste Stream: A review of waste management and public policy issues. 1988. Sheffield, MA: self-published.

5 Link, Ann.  Disposable nappies: a case study in waste prevention.  April 2003.  Women’s Environmental Network.

6 Lehrburger, C., J. Mullen and C.V. Jones. 1991.  Diapers: Environmental Impacts and Lifecycle Analysis.  Philadelphia, PA: Report to The National Association of Diaper Services (NADS).

17Stone, Janis and Sternweis, Laura. Consumer Choice — Diaper Dilemma. Iowa Sate University – University Extension. ID.# 1401. 1994.
http://www.rockwellcollins.com/daycare/pdf/pm1401.pdf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: