• Instagram

    33 passarinhos depois, várias sapecadas com cola quente nos dedos, eis que o ninho se enche de alegria!! Pra quê taaantos passarinhos? Eles vão para a Árvore de Natal! #artesanato
#arvoredenatal  #passarinhos #passarinho #natal #natalluzgramado #ciadasmaos Lotação esgotada, não cabe mais nenhum! Bonecos estrela com 20cm (corpo)! #gramado #natalluzgramado #ciadasmaos #bonecadepano #bonecoestrela Bom dia!! Vc conta histórias para crianças? Precisa de livro ou consegue criar na hora? Atualmente temos quase 70 fantoches aqui na loja!
#gramado #natalluzgramado  #fantoche #teatrodebonecos #ciadasmaos Estes vão voar para nossa árvore de natal, na semana que vem! Sim Natal Luz começando (quase-quase) e a loja estará decorada!! Fazer bonecos, a gente cria, monta, e brinca muito com eles!! Tiberius, nosso pequeno grande amigo deste ano 😎😎😂 Dias de sol, festa de luz! Tuuudo para fora 🙃🙃🙃🤗♥️ Colcha de patchwork gatos! Saudades dos gatinios, primeira de casal deste ano! Malandramente, o Pinhão inocente, rouba os nossos corações ♥️♥️ Estrelas pintadas à mão! ♥️♥️
  • Quantas fraldas o Brasil descarta?

    Apenas 27% das crianças de 0-30 meses usam fraldas descartáveis, mesmo assim são descartadas:
    - 204 fraldas por segundo
    - 12. 240 fraldas por minuto
    - 734.400 fraldas por hora
    - 17.625.600 fraldas/DIA
  • Trocar 5500 fraldas DESCARTÁVEIS x 40 fraldas de PANO, é viável?

    Minha intenção com este blog é divulgar informações, dados, estatísticas a respeito do uso de fraldas. Quais são os impactos do uso de fraldas descartáveis? Quais são as desvantagens do uso de fraldas de pano? Viabilidade, sustentabilidade, impacto ambiental. O que pesa mais? Um lixão sobrecarregado de fraldas a céu aberto ou um sistema de águas sobrecarregado de água, sabão e dejetos fecais?

Porque escolher fraldas de pano? Existem tantas razões!

PARTE 2 :: MEIO AMBIENTE

Em 1998, mais de 18 bilhões de fraldas foram vendidas e consumidas nos EUA. (4). Baseadas nas nossas contas (listadas no próximo post como Custos Nacionais, estimamos que 27,4 bilhões de fraldas são consumidas (usadas e descartadas) a cada ano nos EUA. (13)

 As instruções no pacote indicam que se deve jogar o material fecal no vaso, antes de descartá-las no lixo, mas apenas 0,5% vão realmente pra o sistema de esgoto. (4)

Mais de 92% das fraldas são descartadas em lixões/aterros sanitários. (4) 

Em 1988 (19 anos atrás) gastava-se US$300 milhões anualmente, no descarte das fraldas, enquanto que um a fralda de pano pode ser usada entre 50 a 200 vezes, antes de se transformar num farrapo. (4)

Ninguém sabe ao certo quanto tempo exatamente leva uma fralda descartável para se decompor, mas estima-se que ela leve entre 250-500 anos, muito tempo de pois que os tataranetos dos seus filhos morrerem. (5) 

Fraldas descartáveis são a terceira maior categoria em aterros sanitários, representam em torno de 4% do resídulo sólido. Numa casa com crianças usando fraldas, estas representarão 50% do seu lixo. (5)

Fraldas descartáveis geram 60x mais resídulo sólido e usam 20 x mais matéria prima, como óleo bruto de petróleo e polpa de celulose. (3)

A manufatura e uso de fraldas descartáveis utiliza 2,3x mais água que as de pano. (3)

 Mais de 300 libras de madeira, 50 libras de reserva de petróleo e 20 libras de gás cloro são usados para fornecer fraldas descartáveis para um (01) bebê a cada ano. (6)

Em 1991, uma tentativa de reciclagem de fraldas descartáveis foi feita numa cidade de Seattle, envolvendo 800 famílias, centros de cuidados, um hospital e uma unidade de reciclagem, por um período de um ano. A conclusão assumida pela própria Procter e Gamble foi de que a reciclagem deste material não é econômicamente viável em nenhuma escala. (17)

Nota da Bettina: assim que eu terminar a publicação dos posts restantes, colocarei um paralelo ao Brasil, nunca fiz questão de perceber a ordem de grandeza do marketing que envolve a indústria de fraldas e seus impactos ambientes, elas continuam a ser vendidas como se fosse a 10ª maravilha do universo, e assim como tantas outras coisas, é algo que depende somente da nossa atitude.

Referências bibliográficas indicadas para este post: 

3 Armstrong, Liz and Adrienne Scott   Whitewash: Exposing the Health and Environmental Dangers of Women’s Sanitary Products and Disposable Diapers, What You Can Do About It. 1993. HarperCollins.

4 Lehrburger, Carl. 1988. Diapers in the Waste Stream: A review of waste management and public policy issues. 1988. Sheffield, MA: self-published.

5 Link, Ann.  Disposable nappies: a case study in waste prevention.  April 2003.  Women’s Environmental Network.

6 Lehrburger, C., J. Mullen and C.V. Jones. 1991.  Diapers: Environmental Impacts and Lifecycle Analysis.  Philadelphia, PA: Report to The National Association of Diaper Services (NADS).

17Stone, Janis and Sternweis, Laura. Consumer Choice — Diaper Dilemma. Iowa Sate University – University Extension. ID.# 1401. 1994.
http://www.rockwellcollins.com/daycare/pdf/pm1401.pdf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: