• Instagram

    Estes vão voar para nossa árvore de natal, na semana que vem! Sim Natal Luz começando (quase-quase) e a loja estará decorada!! Fazer bonecos, a gente cria, monta, e brinca muito com eles!! Tiberius, nosso pequeno grande amigo deste ano 😎😎😂 Dias de sol, festa de luz! Tuuudo para fora 🙃🙃🙃🤗♥️ Colcha de patchwork gatos! Saudades dos gatinios, primeira de casal deste ano! Malandramente, o Pinhão inocente, rouba os nossos corações ♥️♥️ Estrelas pintadas à mão! ♥️♥️ Colcha de gatos da Rachel!! Mais um tapete para quarto Montessori 🤗 Mais um tapete de atividades!!
  • Quantas fraldas o Brasil descarta?

    Apenas 27% das crianças de 0-30 meses usam fraldas descartáveis, mesmo assim são descartadas:
    - 204 fraldas por segundo
    - 12. 240 fraldas por minuto
    - 734.400 fraldas por hora
    - 17.625.600 fraldas/DIA
  • Trocar 5500 fraldas DESCARTÁVEIS x 40 fraldas de PANO, é viável?

    Minha intenção com este blog é divulgar informações, dados, estatísticas a respeito do uso de fraldas. Quais são os impactos do uso de fraldas descartáveis? Quais são as desvantagens do uso de fraldas de pano? Viabilidade, sustentabilidade, impacto ambiental. O que pesa mais? Um lixão sobrecarregado de fraldas a céu aberto ou um sistema de águas sobrecarregado de água, sabão e dejetos fecais?

Matéira no site www.ambientebrasil.com.br

EXCLUSIVO: Consciência ambiental faz mulheres retomarem o uso de fraldas de pano em seus bebês

 

Neide Campos / AmbienteBrasil

No caminho para a maternidade, a maratona de preparativos para a chegada do filho costuma ser iniciada tão logo se anuncie a gravidez. E nove meses parece ser pouco tempo. Logo os amigos recebem o convite do chá de bebê. Nos rol de pedidos, em geral figura um item tido como imprescindível – as fraldas descartáveis. Tamanhos P, M, G e GG estão na lista das mamães mais precavidas. Algumas inclusive, só pedem fraldas em seus chás, devido à quantidade absurda que um bebê usa – em média, cinco mil unidades até os dois anos de vida.

Porém, o retorno ao uso de fraldas de pano  tornou-se um decisão hoje tomada por quem aposta em uma qualidade de vida melhor para a criança e para o planeta. Cada fralda descartável demora, em média, 450 anos para se decompor. Serão inúmeras gerações convivendo com esses resíduos. Estimativas atestam que as fraldas descartáveis representam 2% do lixo não biodegradável despejado em aterros sanitários diariamente.

Calcula-se que a fabricação das fraldas que uma criança usará até os dois anos de vida consuma cinco árvores. Parece pouco, não é? Porém, segundo o Ministério da Saúde, nascem no país anualmente mais de três milhões de crianças, o que significa o corte de pelo menos 15 milhões de árvores ao ano. Assim, o bebê, devido às escolhas de seus pais, já nasce causando problemas ambientais sérios.

A fralda de pano, assim como o absorvente reutilizável, parece ser a solução para os problemas ambientais e o retorno a antigos hábitos. Entretanto, se ao pensar em fralda de pano logo vem a sua mente aquelas fraldas brancas e dobradas em forma de triângulo presas por um alfinete, saiba que elas ainda existem, mas não são a única opção para quem quer aderir ao uso.

Já existem no mercado fraldas com formato similar às descartáveis. As fraldas são anatômicas, com ajuste frontal e confeccionadas com fibras naturais. Uma camada de material impermeável evita vazamentos. E há várias estampas. “Desenvolvemos nossa modelagem própria e que foi refinada com o trabalho voluntário de muitas mães que as utilizaram e nos deram retornos dos pontos que deveríamos trabalhar melhor”, explica a AmbienteBrasil Bettina Lauterbach, fabricante deste tipo de fralda.

Segundo ela, a idéia surgiu em função das mães que já utilizavam outro produto fabricado pela empresa, os slings (carregadores de tecido para transportar os bebês próximos ao corpo). “Havia a questão ecológica e também a questão de saúde, como alergias, dermatites e assaduras”, diz ela.
 
Para Bettina o perfil da população está mudando., as pessoas estão mais conscientes. “Temos tecnologia para reutilizar águas servidas, temos tecnologia para produção de energia ‘limpa’ mas não temos o que fazer com as toneladas de fraldas descartáveis que são reviradas nos lixões por mais de 450 anos. Uma fralda descartável é usada por 2 a 3 horas e descartada. Uma fralda de pano é usada no mínimo 100 vezes, e passada para uma segunda criança”.

 
Palavra de quem usa
 
Essa é a intenção da química Rosana Oshiro. “Eu tenho quatro filhos, mas infelizmente, só descobri as fraldas de pano quando meu terceiro filho, Gabriel, tinha um ano. Desde então passei a usar nele, e agora as fraldas que ele não usa mais, que são tamanho G, ficarão para Ana (a caçula) quando ela crescer mais um pouco”.

A preocupação ambiental é um fator importante para a maioria dos pais que utilizam as fraldas de pano. De acordo com Bettina, 40% das vendas são feitas a  “famílias eco-conscientes”.

“Optei pelas fraldas de pano por vários motivos. Saber que as fraldas descartáveis demoram até 450 anos para serem eliminadas do planeta e que o espaço que elas tomam nos lixões e aterros é imenso pesou bastante na decisão”, afirma Ligia de Sica, professora em São Paulo e mãe de uma menina de seis meses.

Entretanto, a saúde do bebê é o que conta mais para essas mães. Para a atriz Talitha Pereira, mãe de uma menina recém-nascida, é muito mais agradável para a filha usar uma fralda de algodão a uma que contenha material plástico. “Acho as fraldas de pano muito mais confortáveis e elas previnem assaduras. A pele do bebê respira melhor e, por conseqüência, eles ficam mais calmos e felizes.”

A questão financeira também é vantajosa. As fraldas de pano, como podem ser reutilizadas inúmeras vezes e por mais de uma criança, podem custar até três vezes menos do que as descartáveis.

Algumas mães admitem que ainda usam as fraldas descartáveis, principalmente em passeios e à noite. Rosana, que vive no Japão com a família há oito meses, explica que, como agora é inverno naquele país, prefere usar a fralda descartável para não precisar trocar durante a noite. “Acredito que, assim que chegue o verão, será possível usar as fraldas de pano também à noite, diz ela”.

“Também utilizo as fraldas descartáveis quando saio de casa ou para ela dormir, mas todas biodegradáveis, que utilizam 50% de fontes renovadas e são 100% sem cloro. Infelizmente elas não são produzidas no Brasil e tiveram que vir dos Estados Unidos, Alemanha e Canadá”, explica Talitha.

Além de uma consciência dos pais, essa prática ajuda na educação ambiental dessas crianças desde muito cedo. “No futuro vou contar a minha filha que ela nasceu ajudando o planeta”, finaliza Ligia.

As fraldas de pano da loja da Bettina podem ser encontradas através da loja em Gramado (RS) ou através da internet, clicando aqui

 
(A foto da página inicial foi retirada do mesmo site). 

 
Comente esta notícia no espaço do leitor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: