• Instagram

    Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

  • Quantas fraldas o Brasil descarta?

    Apenas 27% das crianças de 0-30 meses usam fraldas descartáveis, mesmo assim são descartadas:
    - 204 fraldas por segundo
    - 12. 240 fraldas por minuto
    - 734.400 fraldas por hora
    - 17.625.600 fraldas/DIA
  • Trocar 5500 fraldas DESCARTÁVEIS x 40 fraldas de PANO, é viável?

    Minha intenção com este blog é divulgar informações, dados, estatísticas a respeito do uso de fraldas. Quais são os impactos do uso de fraldas descartáveis? Quais são as desvantagens do uso de fraldas de pano? Viabilidade, sustentabilidade, impacto ambiental. O que pesa mais? Um lixão sobrecarregado de fraldas a céu aberto ou um sistema de águas sobrecarregado de água, sabão e dejetos fecais?

Bebês sem fraldas

Bebes-sem-fraldas - Revista Super Interessante - www.fraldabonita.com.br

Bebes-sem-fraldas - Revista Super Interessante - http://www.fraldabonita.com.br

A reportagem é de 06/08/2008, mas o tema é atual! Boa leitura 🙂

 

http://super.abril.com.br/blogs/planeta/bebes-sem-fraldas/

Imagina se todos os dias, em vez de você ir ao banheiro, tivesse que fazer suas necessidades aí mesmo onde você está? Ou, então, quando estivesse no meio do ônibus? Ou, ainda, no meio de um churrasco familiar? Horrível, não? Então, imagine como um bebê pode se sentir, considerando as assaduras que isso pode provocar.

É para libertar os bebês que surge – e cresce – um estilo de criação chamado Elimination Communication (comunicação da eliminação, em tradução livre), que nada mais é do que libertar os pimpolhos das famigeradas fraldas. Sim, totalmente livres delas! E quanto mais cedo melhor.

A Ong DiaperFreeBaby, sediada nos EUA, é uma que suporta e propaga esse estilo de criação. A idéia é ensinar, por meio de sons e gestos, logo nos primeiros meses de vida da criança, como se comunicar quando a necessidade apertar. Para eles, os bebês já avisam quando querem fazer xixi ou cocô: cara feia, irritação, expressão de força, enfim, a lista pode ser bem grande. Os pais, então, só ensinariam um meio mais simples para que eles se expressem quando forem eliminar-o-que-deve-ser-eliminado.

Todas as vezes que os bebês são levados ao penico, os pais fazem sinais ou sons para identificar o ato com a comunicação. Dessa forma, “psss” seria para xixi e “humm hummm” para cocô, por exemplo. Daí, a criança saberia exatamente o que e quando deveria ser feito.

Alguns depoimentos de pais da Ong até surpreendem. Rachel, uma mãe que iniciou o EC desde o nascimento de Simon, avisa que quando seu filho estava com três meses e meio, ele já imitava o som que seus pais faziam quando ele urinava, avisando que ele precisava ir imediatamente para o penico.

Para o meio ambiente, a EC deve ser ótima, já que não incentiva o uso de fraldas descartáveis e muito menos as de pano – que também fazem o seu mal, pois são industrializadas, clareadas e limpas com químicos. Os defensores dessa educação defendem que isso é mais natural do que se pensa. Um bebê tem pleno controle de alguns de seus músculos, como viu Laurie Boucke, autora de um livro sobre o tema, em algumas famílias da Índia que adotam a prática como algo normal em sua cultura.

Claro que não se precisa ser tão radical e já descartar completamente as fraldas de suas vidas. Se pode aplicar a EC em etapas ou horários, sem nenhum problema. O mais importante é iniciar um canal de comunicação com o pequeno e estimulá-lo a fazer o mesmo. Mas, de qualquer forma, a DiaperFreeBaby promove desafios aos pais para estimular ainda mais a EC, como escolher um dia para que o seu bebê passe inteiramente sem fraldas.

Imagem tirada por Arturo J. Paniaga

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: