• Instagram

    Novo kit de fraldas ecológicas na loja 😊😊 Sessão de fotos no jardim enquanto seu lobo não vem! 😎😎😎 #bonecadepano #boneca #artesanato #ciadasmaos #gramado #serragaucha Junta, junta, junta! Olha a selfie!!! ♥️♥️♥️ As primeiras bonecas de pano, ufa! #boneca #bonecadepano #artesanato #ciadasmaos Kits pronta entrega, tá tendo! Eba! #fraldas #fraldadepano #fraldaecologica link na bio. Bolinhas de pano! Pensadas para bebês, mas atendem bem à gataiada de plantão 😂😂😂 #bolinhas #pano #ludico #gatos #bebe Lotação esgotada! Não cabe um fio de linha aqui dentro 🙃🙃🙃 #boneco #bonecoestrela #ciadasmaos Fantoches cobras, vestem até o cotovelo e têm a boca manipulável. A molecada ama e eu também!! 😁😁😁 #bonecos #fantoche #feltro Trocadores para bebês prontinhos! ♥️♥️ Dia de sol, festa de luz! Uma ótima semana para todos nós 😘😘
  • Quantas fraldas o Brasil descarta?

    Apenas 27% das crianças de 0-30 meses usam fraldas descartáveis, mesmo assim são descartadas:
    - 204 fraldas por segundo
    - 12. 240 fraldas por minuto
    - 734.400 fraldas por hora
    - 17.625.600 fraldas/DIA
  • Trocar 5500 fraldas DESCARTÁVEIS x 40 fraldas de PANO, é viável?

    Minha intenção com este blog é divulgar informações, dados, estatísticas a respeito do uso de fraldas. Quais são os impactos do uso de fraldas descartáveis? Quais são as desvantagens do uso de fraldas de pano? Viabilidade, sustentabilidade, impacto ambiental. O que pesa mais? Um lixão sobrecarregado de fraldas a céu aberto ou um sistema de águas sobrecarregado de água, sabão e dejetos fecais?

Sr Sintético, o sr é vilão??

A beleza de uma plantação de algodão

Nesses anos de fralda de pano algo muito comum é escutarmos que o sintético não é legal, que o natural é o bom, ou comentários nessa linha que as vezes denigrem ou alimentam tal ou qual lado.

Em termos de fraldas de pano, percebo duas fortes tendências, a eco friendly, que se aproxima ao máximo do ecologicamente correto, mas com ressalvas, ainda priorizando a praticidade e o equilíbrio com suas opções de vida e a turma do eco ortodoxos, que abrem mão de algumas praticidades em nome do bem verde.

O meu objetivo aqui é mostrar que trocando 5000 fraldas por +/-40 fraldas de pano, estamos fazendo um bem imeeennnso ao meio ambiente e ao próprio bolso. Como citado em outro post, 17 milhões de fraldas diariamente vão para os lixões brasileiros. E pior, fraldas estas que foram utilizadas por um período médio de 3 a 4 horas apenas. 

Texteis de algodão, uma fibra natural,  são muito queridos e sua demanda tem aumentado ano a ano, é espantoso!

Mas, cada vez mais encontramos tecidos sintéticos interessantes, que vem atendendo expectativas de conforto apresentando as mesmas características acima e acho importante frisar que além de tudo, são tecidos que secam facilmente, tornando o rodízio dessa fralda mais eficiente. São macios e suaves ao toque.

E as crianças que desenvolvem alergia à fralda? Precisam de uma fibra absolutamente natural? E aí eu pergunto, será que uma pele completamente coberta de pomada tem condições de ainda perceber alguma coisa? A condição de irritação gerada pela fralda descartável tem sua origem no gel, quanto mais absorvente, mais gel ela tem e maior o poder da fralda, são utilizadas por um período de tempo maior e o xixi continua ali, perto da criança, proliferando microorganismos numa condição de temperatura e umidade muito amistosas. Nesse caso a culpa é do sintético? Ou da química envolvida no conceito de fralda descartável?

Minha sugestão nessa situação é iniciar o uso das fraldas de pano com fraldas de fibra natural e migrar para um mix com fraldas variadas, de composição mista, natural e/ou sintética, mas mantendo os conceitos claros de quem é vilão e quem é herói!!

Outra questão interessante, o uso de pomadas. Você já pensou em que tipo de componente vai dentro de uma pomada, quanta pomada/creme você usa em 2 anos, pq o uso de pomada/creme é condicional ao usar fraldas descartáveis, não é mesmo? Usar fralda de pano basicamente elimina o uso de pomadas, independente se ela é uma fralda de tecido natural ou sintético. 

Vale à pena pensar nisso! Vamos pensar juntos? Adoraria comentários á respeito!

Anúncios

Orelhas trocadas e cobertura sempre seca?

E eis que de vez em quando é bom ter novidade… e idéias e boa vontade não faltam por aqui…

A primeira delas é a cobertura sempre seca, que tem mostrado ótima aceitação. é um material com metade da espessura do soft, sim, o soft basicão… ela deixa o líquido (leia-se xixi passar) e se mantém seca ao toque, isso dá à criança, uma sensação sempre seca. Pode ser acrescentada ás fraldas tradicional light, plus e windy e esta opção já está disponível na lojinha. Branca ou coloridas, de acordo com o tom predominante na fralda, com esse tipo de cobertura, é importante usar os absorventes por dentro do bolso da fralda, pq usando por cima (entre a fralda e a criança) essa proteção deixa de fazer sentido.

Outra novidade é que estamos desenvolvendo uma fralda modelagem plus (que cresce com a criança), com algodão na camada externa COBERTURA SEMPRE SECA , e ORELHAS TROCADAS e não é que a danada está ficando muito interessante? Ainda não está disponível na lojinha, mas em breve!! A cobertura sempre seca evita que a pele da criança fique úmida, deixando-a mais confortável.

Fraldas de pano marcas Babyslings e Fralda Bonita

Novo modelo, com orelhas composê e cobertura sempre seca.

Porque escolher fraldas de pano? Existem tantas razões!

PARTE 03 :: Assaduras

A razão mais comum para acontecer uma assadura proveniente de fralda é o contato de resíduos de urina e fezes contra a pele. (19)

Rescém nascidos devem ser trocados a cada hora e bebês maiores a cada 3 ou 4 horas, independente do tipo de fralda que está sendo usado. (20)

Um mínimo de 50% dos bebês terão assaduras, ao menos uma vez,  durante os anos de fralda. (20)

Não se ouvia falar em assaduras provenientes de fraldas até o uso de borracha ou calças plásticas nos anos 40. (21)

Não há diferença significativa, no uso de fraldas descartáveis ou fraldas de pano, em termos de assaduras. (22)

 Há muitas razões para acontecer uma assadura, como alergias á alimentos, infecções fúngicas, sensibilidade da pele, atrito e irritação química. Assaduras podem acontecer quando novos alimentos são introduzidos á bebês mais velhos; alguns alimentos provocam alterações nas frequencia dos movimentos intestinais, o que por sua vez, também pode irritar a pele. Mudanças na dieta alimentar da mãe que amamenta, podem alterar as fezes do bebê, causando assaduras! (19)

Referências citadas nesse post:

19 Boiko, S. 1997. Diapers and diaper rashes. February 1, 1997. Dermatology Nursing.

20 Shin, H.T. 2005. Diaper dermatitis that does not quit. Dermatologic Therapy, 18: 124-135.

21 Weiner, F. 1979. The relationship of diapers to diaper rashes in the one-month-old infant. The Journal of Pediatrics, 95: 422-424.

22 Stein, H. 1982. Incidence of diaper rash when using cloth and disposable diapers The Journal of Pediatrics, 101: 721-723.

 Amanhã postarei a 4a e última parte: custos envolvidos

Feliz Ano Novo para todos nós 🙂

O que é uma assadura?

A assadura ou Dermatite das Fraldas é uma inflamação cutânea causada por uma reação às fortes substâncias químicas e enzimas das fezes e da urina, aliada ao acúmulo de calor gerado por essas substâncias. A fralda faz com que essa mistura tóxica fique em contato com o bumbum de seu filho.
Se seu bebê tem uma assadura de contato – causada por uma reação a fezes, urina, sabonete, fralda descartável, calça plástica e/ou diarréia – a área ficará dolorida e sensível. A pele ficará vermelha e irritada. Talvez haja áreas inchadas e ulcerações superficiais. A pele poderá estar seca e descascar, com manchas descoloridas. Se seu filho tiver assadura por fungo – causada pela presença de Candida albicans no trato intestinal – a pele estará macia, brilhante e muito vermelha. As bordas das lesões e erupções estarão bem definidas e talvez haja pontos espalhados na área inguinal (virilha). Peça ao seu médico para diagnosticar a erupção, para que você possa tratar o problema corretamente.
A assadura é comum. Embora possa ocorrer em qualquer época que seu filho esteja usando fraldas, a idade mais propícia à assadura é em torno dos primeiros nove meses. Certos fatores aumentam o risco de assadura. Antibióticos, desidratação e diarréia, por exemplo, tornam a pele mais vulnerável a assaduras. O uso de fraldas descartáveis, além de contribuir para o problema do lixo não-degradável, também aumentou a incidência de assaduras. As crianças que usam fraldas descartáveis são mais propensas a assaduras do que as que usam fraldas de pano. (http://www.saudeinformacoes.com.br/bebe_assadura.asp )

TRATAMENTO FITOTERÁPICO

A água morna aumenta a circulação e promove a cura. Um banho de banheira ou de assento ajudará a fazer com que seu filho se sinta melhor. Para acalmar ainda mais a pele, coloque calêndula ou camomila na água.
Se a erupção estiver vermelha e irritada, aplique loção, gel ou creme de calêndula a cada troca de fraldas. É calmante e promove a cura.
Aplique óleo ou loção de prímula, um antiinflamatório natural, a cada troca de fraldas, até que a assadura desapareça.
Se a assadura estiver úmida, espalhe levemente caolim na área afetada.

Você conhece os produtos da marca Weleda? Não, eu não recebo nenhum tipo de comissão! E Sim! Eu sei que são mais caros do que marcas tradicionais, porém são excelentes, fazem efeito rapidamente e você ainda compra pela internet Weleda.

Fraldas descartáveis & doenças

Existe muita coisa relacionada ao uso de fraldas descartáveis, á contaminação pelos químicos dos plásticos, fora problemas de pele causados pelo excesso de gel nas fraldas super secas (assaduras, alergias, dermatites, etc).

Desde o início das minhas pesquisas, tenho vontade de comentar sobre as vacinas com vírus vivo. Mais especificamente a vacina Sabin, aplicada nas campanhas. O excesso da vacina é eliminado pelo organismo através das fezes e vive ali por algum tempo enquanto aquele ambiente for “interressante” para ele.

Segue aqui um trechinho do site http://www.naturlink.pt/canais/Artigo.asp?iArtigo=2317&iCanal=9748&iSubCanal=9753&iLingua=1 Meu comentário: este site é de Portugal, acredito que as campanhas de vacinação portuguesas não incluem mais a Sabin.

::::::::: A contaminação por que uma fralda usada pode ser responsável é também citada como potencial problema. Os materiais fecais humanos contêm bactérias e vírus responsáveis por perturbações intestinais e doenças, como a poliomielite. Apesar de actualmente pouco comum, o vírus da poliomielite desprende-se do intestino de qualquer bebé que tenha recebido a vacina contra a doença. A deposição destes materiais pode conduzir à contaminação das reservas de água subterrâneas, assim como atrair insetos vectores de doenças, problema mais preocupante nos países em desenvolvimento. :::::::

Daí temos duas linhas para pensar:

-você, mãe zelosa, que leva seu filho á clínica de vacinação, para ele tomar a vacina Salk, pagando caro por ela, justamente para ele não entrar em contato com o vírus vivo da vacina gratuita Sabin, dada nas campanhas, tenha certeza que ele terá contato com o vírus vivo sim, pois este fica no ar, devido ás milhares de fraldas usadas que vão para os lixões á céu aberto.

-o governo gasta uma fortuna em campanhas de vacinação, com isso vírus vivos são reinjetados no nosso ambiente em cada campanha.  Vacinamos pq não conseguimos tirar os vírus do ambiente? Quem é que ganha nessa matemática? As crianças protegidas ou as grandes farmacêuticas que vendem vacinas para o governo? 

Interessante, né?
 

%d blogueiros gostam disto: