• Instagram

    Lotação esgotada! Não cabe um fio de linha aqui dentro 🙃🙃🙃 #boneco #bonecoestrela #ciadasmaos Fantoches cobras, vestem até o cotovelo e têm a boca manipulável. A molecada ama e eu também!! 😁😁😁 #bonecos #fantoche #feltro Trocadores para bebês prontinhos! ♥️♥️ Dia de sol, festa de luz! Uma ótima semana para todos nós 😘😘 Bom dia ♥️ Várias meninas fantochas nascendo por aqui hj ♥️♥️♥️ Tá passeando em Gramado? Vem conhecer a loja 😍😍#patchwork #seminole #artesanato #ciadasmaos #gramadoecanela Seminole, tá tendo! Barrados em panos de prato 😀 Panos de prato para louça de domingo! #panodeprato  #patchwork #ciadasmaos #tecido Quadrado de chão, mais um seguiu viagem. #ciadasmaos #patch #patchwork  #tapetedeatividades 😍😍
  • Quantas fraldas o Brasil descarta?

    Apenas 27% das crianças de 0-30 meses usam fraldas descartáveis, mesmo assim são descartadas:
    - 204 fraldas por segundo
    - 12. 240 fraldas por minuto
    - 734.400 fraldas por hora
    - 17.625.600 fraldas/DIA
  • Trocar 5500 fraldas DESCARTÁVEIS x 40 fraldas de PANO, é viável?

    Minha intenção com este blog é divulgar informações, dados, estatísticas a respeito do uso de fraldas. Quais são os impactos do uso de fraldas descartáveis? Quais são as desvantagens do uso de fraldas de pano? Viabilidade, sustentabilidade, impacto ambiental. O que pesa mais? Um lixão sobrecarregado de fraldas a céu aberto ou um sistema de águas sobrecarregado de água, sabão e dejetos fecais?

Ultra microfibra ou microfibra…

O que vem a ser isso? Como o próprio nome diz, é uma fibra, é um fio, mas um fio muito mais fino, umas 100 vezes mais fino que um fio de cabelo. Muito utilizado na limpeza automotiva, em vidros, em fraldas (EUA e Europa) e em limpeza. Pelo fato de termos 100 fios no lugar de um fio, isso geral uma superfície de contato muitas e muitas vezes maior, fazendo com esse material retenha muito mais também, líquidos e poeiras, ele é um fantástico pano para enxugar áreas, limpeza de chãos etc. Tenho aqui os pano para limpeza de banheiro (enxugar aquele banheiro molhado pelo banho de duas crianças faceiras), para limpar a varanda depois que 3 são bernardos fizeram a festa, etc, etc, etc. Ou seja é um pano para toda e qualquer finalidade de limpeza, onde seja necessário remover sujeira e enxugar água.

Noves fora, o que isso tem haver com fraldas? Tem haver que um absorvente com esse material, enxuga deverasmente MUITO mais, ABSORVE muito mais xixi, promovendo um intervalo de troca maior. Eu particularmente continuo achando ruim, uma criança “plantada”  (sem ação) em cima de uma fralda com 8 horas de xixi, direto… mas os absorventes de microfibra ajudam muiiiiito nessa questão de absorção.

No mercado brasileiro, eles entraram há cerca de 2 anos, são facilmente encontrados nas seções de limpeza, com o nome de flanela de microfibra ou toalha de microfibra. Tem na Zelo, Carrefour, Big, Zaffari, e provavelmente em redes grandes pelo Brasil afora.

Custo benefício? Alto, pouco volume com muita absorção. Barato não é, mas… ajuda um monte, só um detalhe, não pode ir em contato direto com a pele, mesmo sendo muiiiito macio, pq elas absorvem muito desidratando a pele e causando assaduras.

Em breve voltaremos a oferecer os absorventes de microfibra, aguardem!!

Material confeccionado com fibras 100 vezes menores que um fio de cabelo.

O que é um pano de microfibra, qual a carinha dele?

 

Outro detalhe, pelo fato deles reterem muito a sujeira, eles precisam ser muito bem lavados, muito bem enxaguados, pois retém sabão sim, facilmente, e quando mal enxaguados, um sinal de que as coisas não vão tão bem, é quando começamos a ter cheiro de amônia mesmo depois de lavados, então, é bom ficar atenta!

Nada de amaciantes, nada de excessos de sabão, muita água sim, sempre!

Produtos de limpeza sustentáveis, existem SIM!!

Produtos de limpeza sustentáveis, existem sim! www.fraldabonita.com.br

Produtos de limpeza sustentáveis, existem sim! http://www.fraldabonita.com.br

http://atitudesustentavel.uol.com.br/blog/2011/02/11/ibope-indica-produtos-de-limpeza-sustentaveis/

Segundo a pesquisa recente do IBOPE, sobre os Produtos do Ano de 2010, os produtos da linha Ecobril da Bombril ficaram na primeira posição entre a preferência dos consumidores brasileiros. Os produtos de limpeza da linha BioWash, da Cassiopéia, ficaram em segunda posição. Na pesquisa foram considerados os produtos de limpeza de uso diário (como desengordurantes, desinfetantes, detergentes, amaciantes e sabão em pó). Alguns produtos da linha Ecobril apresentam derivados de petróleo (que não é biodegradável) na composição.

Os produtos da Cassiopéia foram os primeiros do país a não utilizar petróleo na composição e possuem o Selo do IBD, que certifica que todas as matérias primas são 100% naturais.

Para Becky Weltzien, sócia diretora da Cassiopéia, uma dificuldade para estabelecer produtos sustentáveis no mercado é o green washing, ação em que produtos não tão sustentáveis são apresentados para o público como se fossem.

“É uma forma de se aproveitar da falta de legislação ou regulamentação referente aos termos que podem ser utilizados, como: natural, biodegradável, ecológico, orgânico…etc. Quem utiliza este tipo de marketing está se aproveitando da ignorância e inocência do consumidor que ainda não sabe bem distinguir entre um e outro. Um verdadeiro produto ecológico deve ser feito a partir de matérias primas de origem vegetal, de fontes renováveis”, explica Becky.

A solução seria uma melhor regulamentação dos para os fabricantes. “Isto iria também ajudar o consumidor a fazer uma escolha consciente e informada, pois o green washing não poderia mais ser utilizado como ferramenta de marketing”, comenta Becky.

Saúde e Sustentabilidade

Veja substâncias nocivas à saúde e ao meio ambiente frequentemente utilizadas em produtos de limpeza:

Fosfato: presente em maior percentual na composição dos detergentes. Apesar de eficaz, atua nos mananciais como adubo para plantas aquáticas e algas, além de esgotar o oxigênio da água.

Conservante: atua como componente bacteriostático. Não elimina as bactérias, apenas inibe a reprodução.

Formaldeído: tipo de conservante muito utilizado devido sua efetividade e baixo custo. Em exposições crônicas, pode causar câncer.

Tensoativos: presente nos detergentes, são responsáveis pela remoção das sujidades. Por lei, devem ser biodegradáveis, mas continuam sendo derivados de petróleo.

Branqueadores Ópticos: encontrados em sabão em pó e barra, são substâncias fluorescentes que, aplicado ao produto, confere tonalidade branca. Ao lavar a roupa, partículas do branqueador se prendem no tecido. Em contato com a luz, tais partículas dão a sensação de que a roupa ficou mais branca do que estava antes de ser lavada.

Fragrâncias e corantes: em geral, tais componentes, presentes nos produtos de limpeza, são derivados de petróleo, ou seja, sintéticos, que causam alergias e poluem o meio ambiente. Nas formulações de origem vegetal as fragrâncias são de óleos essenciais e os corantes derivados de plantas.

A equipe da Bombril ainda não se manifestou.

 

 

Plástico ecológico

Porque o plástico ecológico já é uma realidade! Quando o estudo e o empenho de poucos  encontra a oportunidade, todo um planeta agradece.

 

 

Reciclagem de fraldas descartáveis é possível, inicia hoje a primeira proposta nesse sentido!

Achei a notícia o máximo, pois convenhamos, as fraldas são uma solução para a modernidade e falta de tempo mas também, um problemão para o meio ambiente. Nunca condenei ninguém por usar fraldas descartáveis ou de pano, pois cada um sabe onde o calo lhe aperta… Mas essa proposta sendo colocada em prática mostra que é possível sim, desenvolvermos novas tecnologias.

Claro que a partir daí existem novos desafios, como encaminhar as fraldas de fato para esse sistema, assim como absorventes menstruais, pois aqui no Brasil, ainda há uma certa morosidade em relação ao lixo reciclável, não é mesmo? Mas achei a notícia bacana sim e digna de ser publicada aqui, pois no fundo, torço para que a longo prazo, seja uma solução razoável sim,  se a opção de usar fraldas descartáveis é a eleita.

http://exame.abril.com.br/economia/meio-ambiente-e-energia/noticias/reino-unido-abre-1a-usina-de-reciclagem-de-fraldas-descartaveis

Fraldas e soluções, pq o planeta merece! www.fraldabonita.com.br

Fraldas e soluções, pq o planeta merece! http://www.fraldabonita.com.br

Tidee Didee !!

Assistindo tv, zapeando pelos canais, caí no Discovery. 5 minutos depois começa um programa chamado Trabalho Sujo e resolvi assistir… BINGO, minha intuição me levou ao lugar certo 🙂 Coincidentemente era sobre uma delivery de fraldas, em Sacramento, Califórnia e o nome da empresa é Tidee Didee.

Ela não deve ser a única, mas deve ser grande o suficiente para despertar o interesse da Discovery em elegê-la para gravar seu programa lá, onde o apresentador Mike Rowe mostra o que existe de trabalho sujo por aí.

Tirando o lado sujo da questão, o trabalho é sensacional!!!! A família compra tantas fraldas entregues limpas a um intervalo de tempo definido. Ou seja, a cada 7 dias a empresa passa no endereço, retira um recipiente com as fraldas sujas e deixa outro recipiente com as fraldas limpas. É uma delivery de fraldas.

Pelo que entendi, eles tem uma média de 50 entregas por dia, pacotes de 50 fraldas. Colocando a matemática em ação, temos 2500 fraldas/dia +/-10%. A Tidee Didee é o nome da empresa que presta esse serviço e eles lavam/higienizam e tratam essas 2500 fraldas, o apresentador passou um dia lá encarando o trabalho duro de colocar as fraldas manualmente, dentro das monstruosas máquinas de lavar industrial. A separação por tamanhos, o controle de qualidade sobre a limpeza, etc.

Super Interessante, alô empreendedores de plantão, ótima oportunidade de ação!!

Vídeo no youtube sobre o programa (buá, não consigo inserir o vídeo aqui no post)

Página sobre a empresa Tidee Didee

http://sacramento.downtowngrid.com/directory/view/entry/20207

Reportagem na Veja, em 07/01/2008

 Guia Veja: Alternativas ecologicamente corretas

Nabor Goulart

A ENGENHEIRA QUÍMICA Bettina Lauterbach,
41 anos, fundou há três anos a única fábrica de fraldas de pano do país: “A procura é cada vez maior”

 Os especialistas indicam alguns dos itens mais nocivos à
natureza e apontam alternativas para substituí-los por outros
mais ecologicamente corretos. Em todos os casos, há outra
vantagem: as opções são também mais baratas!!

USO DE FRALDAS DESCARTÁVEIS

Comentário: elas levam cerca de 450 anos para se decompor – e são o terceiro item mais comum no lixo
Alternativa mais ecologicamente correta: as fraldas de pano, que são menos práticas, ou aquelas biodegradáveis (ainda não produzidas no Brasil)
Grau de esforço: alto
Impacto no meio ambiente: alto

Nota da Bettina: Mas gente, e que fim levou a máquina de lavar?? Será que lavar na máquina e pendurar no varal 10-12 ou 15 fraldas por dia é tanto esforço assim? Novidade: nós temos as papeletas de fralda, que são colocadas entre a fralda e o bebê, elas servem como um “aparador de cocô”, quando for trocar e limpar a criança, você tira a papeleta e joga fora, essa sim, é 100% biodegradável e facilita a sua vida. Iuhu!! E, claro, tem muitas mães que as reutilizam de 3 a 4 vezes, em casos onde a criança faz apenas xixi. As papeletas são lavadas, bem enxaguadas e pq não… reutilizadas.

E assim é no Brasil!

E assim é no Brasil, enquanto na Grã-Bretanha o uso de fraldas de pano quadruplicou, conforme notícia veiculada pela CNN em 22/05, aqui no Brasil uma revista de boa abrangência nacional publica uma notícia dessas, sem dizer quem é o especialista, de onde tirou tal estatística e assim por diante… beleza, né? Os loucos são os ingleses, nós aqui nesse Brasil, país das maravilhas, vamos continuar acreditando que o coelho da páscoa é branco, fofinho e lindinho 🙂 Dá licença, né?  Eu nunca critiquei quem usa fralda descartável, pois eu mesma não usei fraldas de pano, eu não conhecia opções de fraldas.  A família também pode optar por usar fralda de pano branca, quadrada, com calça plástica, o sistema convencional, assim como 73% da população, econômicamente instável o faz, é uma opção pessoal, mas dizer que dá na mesma… é dureza!
———- //  ———-
Usar ou não a fralda de pano
por  equipe Pais&FIlhos  05 de maio, 2008
Fralda de Pano Babyslings
Eis a questão! Você já pode ter respondido em um minuto: não usar, claro que não! Ninguém quer voltar no tempo e lavar fraldas, vamos combinar… E aí? Como faz? Se a fralda descartável é uma maravilha do mundo moderno da qual ninguém quer abrir mão, essa praticidade tem seu preço. No Brasil, são descartadas mais de 17 milhões de fraldas por dia, que levam cerca de 500 anos para se decompor. Sabe lá o que é isso? Pra confundir um pouco mais, um estudo recente da Agência Ambiental Inglesa concluiu que o impacto ambiental da lavagem da fralda de pano praticamente se equivale ao da descartável. É preciso considerar o processo todo, da produção do algodão até a água e o detergente necessários para lavar as de pano. Por outro lado, existem fabricantes ecologicamente responsáveis. A Kimberly-Clark, por exemplo, reaproveita 100% de seus resíduos industriais e só adquire celulose de florestas plantadas. De qualquer forma, não resistimos à versão brasileira da fralda de pano que imita o formato da descartável, como
esta da foto. Pode não ser tão prática, mas é ótima para a pele do bebê dar um respiro. E a dúvida continua…

AGRADECIMENTO: FRALDAS DE PANO BABYSLINGS, TEL.: (54) 3286-5017, WWW.BABYSLINGS.COM.BR

FOTO: KIT GAION

%d blogueiros gostam disto: